Iluminação Cênica: 9 verdades e 2 mentiras

Ser iluminado,

 

Recentemente apareceu um jogo de “verdades e mentiras”, historicamente essa espécie de jogo que tem seu registro no período da Belle Époque, era feito entre os adolescentes aristocráticos da época como um jogo de sedução entre eles, um lance de paquera da época, vou contar um pouco sobre o que aprendi desta história:

Conta-se a história que o escritor Marcel Proust, na época com treze anos de idade, estava na festa da prima Antoinette e foi convidado a preencher um questionário, essa modinha era uma brincadeira que teve origem na Inglaterra vitoriana, numa diversão de salão chamada de “confissões”, no qual respondiam-se questões pessoais de uma pequena lista. Isso tornou-se uma forma original de entreter os convidados em refinados salões dessa época.
Proust respondeu ao mesmo questionário duas vezes na vida, a primeira aos 13 anos e a outra por volta dos seus 20 anos, na época em que servia ao exército francês. As respostas desse gênio da literatura tornaram o modelo de questionário tão famoso que virou uma espécie de padrão até de entrevistas jornalísticas.
Hoje, pouco que se sabe da vida pessoal de Proust foi praticamente deduzido dos questionários respondidos, reencontrados pelo filho da prima Antoinette, e publicados em 1924.
Através do questionário, pode-se conhecer bastante da personalidade e das aspirações do escritor, o que sempre instigou críticos e admiradores. Em homenagem ao autor, a brincadeira se tornou conhecida como “Questionário Proust”.
A sua obra “Em busca do tempo perdido” trata do resumo, dos contratempos de uma existência na procura da realização e da satisfação dos sentidos, do magnífico encontro das aspirações pessoais com a descoberta da realidade (que nada mais é do que a percepção –  e compreensão analítica – das convicções do ser humano inserido no núcleo social).
Muito do que Marcel (personagem) buscava, Marcel Proust (escritor) já havia descrito em seu questionário!
No entanto, Proust gastou toda uma vida para chegar a esta conclusão, para atingir o fim da busca de si mesmo em “O tempo redescoberto”, último volume da saga.

 

Acredito que baseado nesse jogo, originou-se o “verdades e mentiras”; é uma forma pedagógica de se aprender sobre diversos assuntos, você tem que pensar, agir com seus sistemas cognitivo e sensorial, buscando respostas e tentando ser o mais correto possível.

Aqui para modificar um pouco, proponho 9 verdades e 2 mentiras, a resposta será entregue num post especial no dia 12/06/17.

 

Preparado? Vamos ao jogo?

Você conhece realmente a iluminação cênica? Então descubra quais são os 09 verdadeiros e os 02 falsos:

1)  A palavra “eletricidade” vem do grego ELECTRON: que significa âmbar.

 

2) Adolphe Appia foi o primeiro a ousar em trabalhar uma iluminação em diversos ângulos, trabalhando o tridimensionalismo no palco.

 

3) Num projeto em que trabalhamos a luz “branca” devemos prestar atenção as cores, pois, cores mais claras tendem a refletir mais que as cores escuras.

 

4) Dentro de um palco italiano, a iluminação que vem de uma vara superior num ângulo de “contra luz”, tem a função de empurrar o que estiver ao seu alcance para o espectador, criando a “ilusão” que está mais próximo.

 

5) É necessário saber as diferenças entre potência (consumo) e quantidade de iluminação (refletores, spots, etc) das fontes de luz dispostas num espaço.

 

6) Sempre pré-aqueça as lâmpadas de filamento antes de iniciar os trabalhos.

 

7) Trabalhar uma cena em baixa intensidade faz com que o espectador reflita melhor sobre o que está sendo proposto na cena.

 

8)  A alusão quanto a “luz” como forma mística, vem desde o teatro primitivo.

 

9) Thomas Edson criou a lâmpada comercial para uso caseiro.

 

10) O refletor ELIPSOIDAL leva o nome por ter um espelho refletivo em forma de elipse.

 

11) O contraste visual é um pequeno detalhe, não precisa ter tanta importância no estudo de projeto no local em que estou iluminando.

 

A resposta será explicada em 12/06/17 num post especial, aqui em meu blog que é feito especialmente a você.

cartilha de iluminação cênica

 

LUZ SEMPRE!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *