Iluminação cênica é a engrenagem da ação visual

ILUMINAÇÃO CÊNICA É A ENGRENAGEM VISUAL

 

eyes-and-business-11ENGRENAGEM: As engrenagens operam aos pares, os dentes de uma encaixando nos dentes de outra.

Se os dentes de um par de engrenagens se dispõem em circulo, a razão entre as velocidades angulares e os torques do eixo será constante.

Se o arranjo dos dentes não for circular, variará a razão de velocidade. A maioria das engrenagens é de forma circular.

Para transmitir movimento uniforme e contínuo, as superfícies de contato da engrenagem devem ser cuidadosamente moldadas, de acordo com um perfil específico.

O trem de engrenagem atua de maneira a reduzir a velocidade e aumentar o torque; se a roda maior está no eixo motor, o trem atua como um acelerador da velocidade e redutor do torque. (fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Engrenagem)

 

Galera iluminada, sendo direto neste post: SOMOS ENGRENAGENS!

Metaforicamente é claro, aliás, acho que seria uma ótima também termos o apelido ligado a essa peça que faz a união de outras peças e assim mantém uma “máquina em movimento” ao invés de peão.

Já perceberam o quanto muitas vezes nós técnicos e iluminadores somos confundidos como seres que só sabem carregar pesos, refletores, movings, cases.

Sabemos que boa parte do espetáculo cabe à nossa responsabilidade e que sem nós (que considero sermos os “artistas do visual e montagens”) grande parte dos espetáculos, palestras, estúdios, enfim, tudo que envolva o procedimento de um técnico em iluminação.

Não seria possível sem que houvesse da nossa parte um certo grau de estudo, conhecimento, sabedoria técnica e prática na área em que nos dispomos a trabalhar e, principalmente, paciência para aguentar brincadeirinhas idiotas e de pessoas que indiretamente nos subjugam.

Na hora que surge um problema simples como “trocar uma simples lâmpada”, ou “trocar um mero parafuso no cenário”, lá estamos nós, auxiliando tudo e a todos, ao mesmo tempo em que pensamos no espetáculo que está prestes a acontecer, já que conseguimos nos adaptar com flexibilidade e sermos profissionais competentes.

white-chess-pawn-shadow-queen-43549492Acredito que sejamos peões sim, mas de xadrez, que vão para a frente da batalha e são extremamente essenciais para “abrir o jogo”.

Essa peças no jogo de xadrez já saem a frente, em duas casas, podendo chegar do outro lado do tabuleiro, conquistando as peças do adversário no jogo. Os peões do xadrez são astutos e corajosos, guardam o Rei e a Rainha,  Bispos, Cavalos e as Torres, predominam em número no jogo, e quando deixam “sua casa”, o Rei corre o grande risco de xeque mate, por que não tem mais “quem o guarde, quem o proteja”.

O peão no xadrez é uma “engrenagem” importante para o jogo, é ele quem faz a primeira separação e ao mesmo tempo, é o elo mais próximo do adversário, mas depois de derrubada essa simples peça, toda a “engrenagem” pode desestruturar-se, seguindo de sua velocidade, o dinamismo e a jogada que havia sido arquitetada há momentos atrás.

Lembremos que o peão age de maneira diferente, seu lance de captura é na coluna frontal pelas suas adjacências, ou seja, tem uma visão mais “panorâmica, mais aberta”.
Verifica o perigo não somente a sua frente, mas o percebe em suas diagonais e laterais também, isso sim é agir com visão holística e sistêmica…
e ainda dizem que “essa peça é simples”, mas tem os resultados mais espertos e a frente do restante do tabuleiro.
 
 Subestimados sim, mas fracos nunca!!!!
cartilha de iluminação cênica 

Assim dá gosto ser peão!!!!

 

LUZ SEMPRE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *