Iluminação cênica em jardins e áreas externas

Ser iluminado,

 

Este artigo é muito especial por três razões:

  1. existem poucos artigos em português para iluminação em jardins, por isso faço questão de comentar sobre isso por aqui, além da paixão que tenho por plantas (mesmo não entendendo muito) adoro ver um jardim bem cuidado e com plantas que enriqueçam o visual para a arquitetura em que foi composta;
  2. considero a iluminação para jardins algo muito especial, um projeto realmente interessante que requer requintes de iluminação artística bem composta e estudada, que crie realmente aspectos de valorização das plantas que compõem o jardim e área externa de uma residência, prédio e praças;
  3. por tratar-se de uma iluminação mais artística, claro que comento muito sobre o uso de técnicas de iluminação cênica, criando ambiências favoráveis e composições de diversos climas para o que for proposto.

 

 

Costumo dizer sempre que:

A iluminação cênica é uma arte que consiste na manipulação da luz para alcançar diversos efeitos visuais.

 

Lembre-se que foi com Adolphe Appia ( 1862 – 1928 ) que com a luz elétrica atribuída nas artes cênicas mudou seu conceito, aplicando efeitos de iluminação e contraste, mostrando novas proporções à cena e tem esse objetivo seguido até os dias atuais.

Considero o contraste a principal ferramenta da iluminação, que quando bem trabalhado, daremos formas aos cenários, preservamos as expressões do enriquecimento visual, revelaremos cores e esconderemos outras partes desse “cenário”, a iluminação cênica nos dá propostas que valem a pena serem estudadas para este fim.

clique na imagem para ir ao site original

A composição da iluminação cênica visa explorar o espaço de acordo com a necessidade dos eventos e espetáculos, desse modo podemos trabalhar o conceito para se aproveitar as formas, principalmente do cenário, utilizando fatores como a “ausência de luz”,  que em seu jogo de sombras, mostra-se útil, atuando como atenuador de silhuetas e aguçando a curiosidade do observador.

É nesse Tenebrismo, que projetamos a luz de forma a forçar contrastes mais intensos. Mas não só isso, a própria luz para interagir com o enredo tornando-se parte dos efeitos que caracterizam raios, o sol, ou até a própria passagem do tempo.

 

A iluminação cênica externa

É na parte externa que cativamos o observador. A iluminação externa tem como função anunciar o local. Tal como os grandes projetores ao sinalizar a localização de um estádio em uma noite antes de um grande jogo.

Porém, como na iluminação cênica, a luz não tem só um pequeno papel, é com ela que acentuamos e aumentamos o brilho e nas suas sombras revelamos formas, e com as mais diversas cores para iluminação, pintamos grandes quadros. Dessa forma, quando o observador vislumbra pela primeira vez um local bem iluminado, marcamos essa sua primeira impressão de forma agradável e estilosa.

O Brasil, sendo um país tropical, possui um grande privilégio de ter luz natural em todos os dias do ano, muito diferente de alguns países nórdicos que no inverno possuem poucas horas de claridade.

E é nesse privilégio que o Brasil pode trabalhar o conceito de luz natural, para a iluminação. De forma que a torne sustentável e aplicando a arquitetura voltada para esse conceito, utilizando essa iluminação que a natureza nos dá, podemos também acentuar e esbanjar a beleza das formas.

clique na imagem para ir ao site original

 

Por que devo contratar um profissional da área?

Existem muitos profissionais que atuam nessa área, desde arquitetos e iluminadores à lighting designers, mas é necessário saber que o processo e iluminação cênica têm como alma disciplinas criativas, onde é necessário condensar e traduzir a arte em efeitos visuais.

Somente com um profissional bem qualificado que teremos essa habilidade de misturar arte com técnica, onde o mesmo terá conhecimento de como aplicar corretamente as luzes para melhor apresentar as formas, e ele com seus conhecimentos técnicos saberá quais ferramentas, tais como a luz LED ou os próprios refletores, serão usados sem causar danos ao observador, pois a luz também afeta a sensação de bem-estar nos locais.

E com conceitos de sustentabilidade, saberá como melhor aproveitar a luz do dia, e até mesmo a escuridão para acentuar a iluminação.

Visando não só a economia de recursos, mas também o benefício de saúde ao ter maior iluminação natural.

clique na imagem para ir ao site original

 

Para conhecerem mais, acessem o conteúdo gratuito no canal:

cartilha de iluminação cênica

 

LUZ SEMPRE!!!

2 Comentários

  1. Fábio Isaac disse:

    Bom dia! Achei bem interessante o artigo. Porém eu não consigo achar refletores dmx para área externa (a prova d’água). Você sabe se existe e onde eu poderia encontrar ? Muito obrigado

    • grande Fábio Isaac, blz?

      Você tem que procurar com o IP 65 (Índice de Proteção), geralmente custam um pouco a mais que os comuns, porém permite a qualidade de permanecerem no externo que não há problemas.

      Se precisar de alguma indicação de marca de produto, me envia email ou inbox pelo Facebook.

      Abcs….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *